15 novembro 2010

Preconceito, Agressão a gays na Av. Paulista e Comentários de leitor em Jornais Virtuais


Costumo postar textos novos nas quintas ou sextas, mas nessa manhã de domingo 14/11/20010 jovens gays foram agredidos na Av. Paulista SP, isso por serem homossexuais, são filhos de “bacanas”, talvez nem sejam punidos, Em entrevista a mãe de um deles chegou a dizer, tentando justificar o injustificável, que seria bem possível esse grupo agressor ter visto algo que os agrediu e reagiram da forma como reagiram, outra mãe disse que eles têm que ser punidos (eu concordo com ela), mas a punição tem que vir na forma a educá-los, de mostrá-los tantos gays e seus trabalhos importantes dentro da sociedade, bem como fazê-los cuidar de gente vitima de agressões tolas, fazê-lo refletir, nada de deixá-los preso a menos que não mudem. Os vejo como frutos de uma sociedade que não respeita, segue a baixo um texto que irai postar nos próximos dias, ele é uma critica a um comentário de uma mataria retirado de desses jornais online (virtual), isso precisa ser revisto, isso influencia na violência contra gays, claro que não pode  ser apontando como causa única. Infelizmente não tenho a fonte por isso não vou mencionar o nome do jornal, espero que isso ajude na reflexão de todos.
O comentário que uma pessoa fez em um jornal virtual: ”CASAL? ENTENDO COMO CASAL UM HOMEM E UMA MULHER (MACHO E FÊMEA) CONVENHAMOS.... TODO O CIDADÃO TEM DIREITO A SER RESPEITADO EM TODA SUA PLENITUDE MAS É INADMISSÍVEL DOIS HOMENS SE BEIJANDO EM VIA PÚBLICA E O MEU FILHO PERGUNTAR O QUE É ISSO PAPAI ???!!! EXISTEM LUGARES PRÓPRIOS PARA ESTRAVASAR SEUS SENTIMENTOS HOMOSEXUAIS. NÃO SOU A FAVOR DO HOMOSEXUALISMO MAS RESPEITO POR SER SERES HUMANOS E CADA PESSOA POSSUI RESPONSABILIDADES EM SABER ONDE PODE CHEGAR.” Contraditória e meio desconexa a frase dessa pessoa. Bem mesmo, assim quero comentá-la.
1º A palavra casal é só uma questão de nomenclatura para definir duas pessoas que vivem juntas, por isso, nós gays colocam a palavra gay no final, isso basta para identificar como não heterro.
2º Se seu filho fosse acostumado ver homens beijando outros homens ou uma mulher beijando outra acharia tão normal quando é normal um homem beijar uma mulher na rua vice-versa, ele ainda não está impregnado de algo maldito chamado preconceito, igualzinho esse que tem aí dentro do senhor.
Se todo cidadão tem direito a ser respeitado em toda sua plenitude. Todo gay, querido Sr, “tem o mesmo direito” que os casais convencionais denominados heterossexuais, ou seja, se vocês podem beijar nas ruas, nós também podemos, não há lei que proíba isso. Desejo senhor do fundo do coração que seu filho não seja gay, pois um dia ele pode enfrentar outro pai como o Sr dizendo a mesmíssima frase, ou até pior, quem sabe ser espancado na rua, descriminado, humilhado e até morto só por ser gay.  Hoje é o filho dos outros amanhã pode ser o seu.
Senhor tem muitas coisas que eu também julgo inadmissível vou lhe fazer uma lista delas. Inadmissível é: votar sem consciência, vermos tantos exemplos de corrupção, pais espancando suas esposas, pessoas exploradas, crianças abandonadas nas ruas, gente passando fome, drogas entrando no país e destruindo famílias... Enfim, amado senhor, tem muito mais coisas que se vê na sociedade que é mau exemplo para seu filho. O Sr, ótimo cidadão, que está fazendo para que seu filho não diga que é isso papai???!!! Por que o Sr não procura esses testos para fazer seu discurso defensor da dignidade e bons exemplos também? Sinto muito em lhe dizer, mas se dependesse de mim todos os homossexuais não teriam medo de beijar seus parceiros ou parceiras nas ruas, pois quanto mais nos escondermos mais pessoas como o Sr se mostrará.
3º O mesmo lugar que cabe a vocês heteros cabe a nós homos, ou o senhor paga algum imposto a mais que nós?
4º De fato, o Sr não precisa ser a favor ou contra a homossexualidade, mas tem o dever de sempre respeitar a todos os homossexuais, como também a negros, índios, brancos, feios bonitos, pobres, ricos, heteros..., todos sem diferença alguma, onde começa o meu direito termina o seu e vice-versa, essa é nossa responsabilidade, essa é sua, é a minha, é de todos. Felicidades!  
Comentário de um amigo: “cara. os comentários que os leitores colocam na ..... e no ......, cara os moderadores deixam os leitores escreverem coisas de ódio contra os gays como se fosse liberdade de expressão pura e simples“. Creio que todos têm o direito de se expressar como bem queiram e digam, também, o que pense em relação a tudo, mas quando estas idéias servem para denegrir e humilhar qualquer grupo minoritário da sociedade deveria de fato ser passado por um filtro. Afinal que espécie de mídia empresa deixa isso acontecer? Homofóbicas? Ou simplesmente deixa esse tipo de comentário passar porque não tem coragem de assumir que odeiam gays?
Liberdade é ótima e respeito leva a perfeição da convivência social civilizada!
video
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Essa postagem é minha visão sobre o assunto e a tua qual é? deixe seu comentário